I Seminário Citrus Douro

I Seminário CITRUS DOURO
I Seminário CITRUS DOURO

Seminário sobre o potencial da fileira dos citrinos na região da Pala decorreu no dia 6 de Maio na Casa da Lavand’eira, Baião, contando com mais de 100 participantes.

A Casa da Lavand’eira, em Ancede – Baião, recebeu no passado dia 6 de Maio o I Seminário Citrus Douro – Uma Oportunidade para a Região. A iniciativa contou com dois painéis técnicos, debruçando-se um sobre a fileira dos citrinos na região e outro sobre as oportunidades de financiamento a investimentos no setor.

A organização do evento esteve a cargo da APROVAL – Associação dos Produtores do Vale do Sousa e Baixo Tâmega, tendo contado com o apoio de diversas identidades como as autarquias dos concelhos de Baião, Cinfães e Marco de Canaveses, os CLDS 3G dos três concelhos – onde se inclui o Caerus, as Associações Empresariais dos três concelhos, a CONFAGRI, com o patrocínio principal da SAPEC Agro e com patrocínios também da Quinta de Lavand’eira, Proposta Natural e Crédito Agrícola Vale do Sousa e Baixo Tâmega.

A abertura do evento esteve a cargo do Presidente Executivo da APROVAL, Filipe Massa Babo, do Presidente da Junta de Freguesia de Ancede e Ribadouro, Daniel Guedes, do técnico do CLDS 3G Baião – Integrar Baião, Eng. Luís Rocha e do Sr. Diretor Regional de Agricultura e Pescas do Norte (DRAP N), Dr. Manuel Cardoso, em representação de Sua Excelência o Sr. Ministro da Agricultura, Dr. Luís Capoulas Santos.

O primeiro painel iniciou-se com o enquadramento dos citrinos na cultura nacional e mediterrânica, abordando de seguida as características do solo e clima da região do Douro Verde com especial enfoque na sub-região da Pala e terminando com uma abordagem prática à cultura do limão, suas particularidades e características. Neste painel as intervenções estiveram a cargo do Professor Doutor Nazaré Pereira - UTAD, do Eng. Augusto Assunção, DRAP Norte e do Eng. João Saramago – Quinta do Miradouro, tendo a moderação ficado a cargo de Miguel Carneiro – Caerus.

O segundo painel abordou as estratégias de financiamento para o setor agrícola, abordando inicialmente a Política Agrícola Comum e a sua implementação, dedicando-se de seguida às questões inerentes aos pequenos investimentos agrícolas e aos investimentos em primeira instalação agrícola. Neste painel as intervenções estiveram a cargo da Eng. Isabel Santana – CONFAGRI, do Eng. Celso Monteiro – Dolmen e da Eng. Adelaide Inácio, DRAP Norte, tendo a moderação ficado a cargo de Filipe Massa Babo – APROVAL.

 

Esta iniciativa enquadrara-se na atividade 30 do Eixo 3 – Comunidade, no âmbito do plano de ação do CLDS 3G Marco de Canaveses, localmente designado por Caerus - Projecto Oportunidade, cuja execução é da responsabilidade da Fundação Santo António. Esta atividade foi cofinanciada pelo POISE, PORTUGAL 2020 e Fundo Social Europeu.

Go to top